sábado, 23 de abril de 2016

Se Deus falou vai se cumprir no tempo certo de Deus. Por que?



Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura, diria ele e não o faria? Ou falaria e não confirmaria? (Números 23.19)
No capítulo 12 de Gênesis Deus começar uma grande obra na vida de Abraão manda que Abraão saia de sua terra e do meio de sua parentela e promete que faria dele uma grande nação que o abençoaria, que ele seria uma benção e mais abençoaria os que os que os abençoarem e amaldiçoaria os que os que o amaldiçoassem.
Ora, o Senhor disse a Abraão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que te mostrarei far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma benção.E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. (Gênesis 12.1,2,3).
No verso 16 do capítulo 17 vem a promessa de que Abraão teria um filho: Porque eu a hei de abençoar e te hei de dar a ti dela um filho; e a abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela. (Gênesis 17.16) Abraão na época com 100 anos e Sara com 90 quando Deus lhe prometeu um filho olha que disse Abraão – Então caiu Abrão sobre o seu rosto, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? E conceberá Sara na idade de noventa anos? Gênesis 17.17
Por isso o nome isaque no hebraico, é “riso”.
Pois quando apareceram três anjos a ele para dizer que por este tempo de vida Sara teria um filho ela também riu. Gn 18.10,11,12
Talvez você esteja também rindo e pensando será possível. Às vezes seu problema é muito grande e já se passou muito tempo. Do chamado de Abraão ate o nascimento de Isaque seu filho passaram-se 25 anos, Abraão também achou impossível já que a idade dele e de Sara era muito avançada para poderem ter um filho gostaria que você lesse Gênesis 18.10ao16, no versículo 14 na parte A do versículo diz assim:“Haveira coisa alguma difícil ao Senhor?” Gn 18.14ª (RC)
O que é difícil para mim e para você é fácil para Deus. O que é humanamente impossível para Deus é possível
Por que para Deus nada é impossível. (Lucas 1.37)
Se o seu problema é grande saiba que para Deus é pequeno, o que é grande para você para Deus é insignificante, não existe problema que ele não possa resolver. Por que o nosso Deus é soberano, não a porta que não possa abrir, basta você crer, confiar e saber esperar o tempo de Deus buscando adorando a Deus a cada dia em Oração.
No capítulo 21 de Gênesis podemos ver a chegado do tempo de Deus na vida de Abraão e Sara.E o Senhor visitou a Sara, como tinha dito; e fez o Senhor a Sara como tinha falado, e concebeu Sara e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha dito. (Gênesis 21:1,2)
Pr.Luciano Pinheiro

O TEMPO DE DEUS NÃO É O NOSSO TEMPO


Hoje com a chamada vida moderna tudo é muito rápido em frações de segundos podemos nos comunicar com o outro lado do mundo. Saber o que esta acontecendo no mundo inteiro, conversar com qualquer pessoa de qualquer lugar do planeta num piscar de olhos.
Através o computador, televisão, telefones e muitas vezes não temos paciência para esperar as bênçãos de Deus em nossas vidas.
Queremos que tudo aconteça assim em um estralo de dedos. Mas tudo tem o tempo certo. Às vezes recebemos uma palavra de Deus e aquilo começa a demorar para acontecer ai começamos a ficar ansiosos e duvidosos será que foi comigo que Deus falou aquele dia? Faz tanto tempo e nada aconteceu ate agora.
Saiba que o tempo de Deus não é o nosso tempo assim como seus pensamentos e os seus caminhos não são os nossos. Nós vivemos o Chronos que é o nosso tempo, o tempo de Deus é o Kairos. Deus sabe o momento certo de nos abençoar os seus caminhos assim como seus pensamentos são totalmente diferentes do que nos pensamos ser.
Por que os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o Senhor. Por que, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meu caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos. (Isaías 55.8,9)
Se Deus falou vai se cumprir no tempo certo de Deus. Por que? Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura, diria ele e não o faria? Ou falaria e não confirmaria? (Números 23.19)
No capítulo 12 de Gênesis Deus começar uma grande obra na vida de Abraão manda que Abraão saia de sua terra e do meio de sua parentela e promete que faria dele uma grande nação que o abençoaria, que ele seria uma benção e mais abençoaria os que os que os abençoarem e amaldiçoaria os que os que o amaldiçoassem.
Ora, o Senhor disse a Abraão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que te mostrarei far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma benção.E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. (Gênesis 12.1,2,3).
No verso 16 do capítulo 17 vem a promessa de que Abraão teria um filho: Porque eu a hei de abençoar e te hei de dar a ti dela um filho; e a abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela. (Gênesis 17.16) Abraão na época com 100 anos e Sara com 90 quando Deus lhe prometeu um filho olha que disse Abraão – Então caiu Abrão sobre o seu rosto, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? E conceberá Sara na idade de noventa anos? Gênesis 17.17
Por isso o nome isaque no hebraico, é “riso”.
Pois quando apareceram três anjos a ele para dizer que por este tempo de vida Sara teria um filho ela também riu. Gn 18.10,11,12
Talvez você esteja também rindo e pensando será possível. Às vezes seu problema é muito grande e já se passou muito tempo. Do chamado de Abraão ate o nascimento de Isaque seu filho passaram-se 25 anos, Abraão também achou impossível já que a idade dele e de Sara era muito avançada para poderem ter um filho gostaria que você lesse Gênesis 18.10ao16, no versículo 14 na parte A do versículo diz assim:“Haveira coisa alguma difícil ao Senhor?” Gn 18.14ª (RC)
O que é difícil para mim e para você é fácil para Deus. O que é humanamente impossível para Deus é possível
Por que para Deus nada é impossível. (Lucas 1.37)
Se o seu problema é grande saiba que para Deus é pequeno, o que é grande para você para Deus é insignificante, não existe problema que ele não possa resolver. Por que o nosso Deus é soberano, não a porta que não possa abrir, basta você crer, confiar e saber esperar o tempo de Deus buscando adorando a Deus a cada dia em Oração.
No capítulo 21 de Gênesis podemos ver a chegado do tempo de Deus na vida de Abraão e Sara.E o Senhor visitou a Sara, como tinha dito; e fez o Senhor a Sara como tinha falado, e concebeu Sara e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha dito. (Gênesis 21:1,2)
Pr.Luciano Pinheiro

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Isaias 43

Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.
Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.
Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate, a Etiópia e a Seba em teu lugar.
Visto que foste precioso aos meus olhos, também foste honrado, e eu te amei, assim dei os homens por ti, e os povos pela tua vida.
Não temas, pois, porque estou contigo; trarei a tua descendência desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente.
Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe e minhas filhas das extremidades da terra,
A todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para a minha glória: eu os formei, e também eu os fiz.
Trazei o povo cego, que tem olhos; e os surdos, que têm ouvidos.
Todas as nações se congreguem, e os povos se reúnam; quem dentre eles pode anunciar isto, e fazer-nos ouvir as coisas antigas? Apresentem as suas testemunhas, para que se justifiquem, e se ouça, e se diga: Verdade é.
Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.
Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador.
Eu anunciei, e eu salvei, e eu o fiz ouvir, e deus estranho não houve entre vós, pois vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor; eu sou Deus.
Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?
Assim diz o SENHOR, vosso Redentor, o Santo de Israel: Por amor de vós enviei a babilônia, e a todos fiz descer como fugitivos, os caldeus, nos navios com que se vangloriavam.
Eu sou o Senhor, vosso Santo, o Criador de Israel, vosso Rei.
Assim diz o Senhor, o que preparou no mar um caminho, e nas águas impetuosas uma vereda;
O que fez sair o carro e o cavalo, o exército e a força; eles juntamente se deitaram, e nunca se levantarão; estão extintos; como um pavio se apagaram.
Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas.
Eis que faço uma coisa nova, agora sairá à luz; porventura não a percebeis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo.
Os animais do campo me honrarão, os chacais, e os avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios no ermo, para dar de beber ao meu povo, ao meu eleito.
A esse povo que formei para mim; o meu louvor relatarão.
Contudo tu não me invocaste a mim, ó Jacó, mas te cansaste de mim, ó Israel.
Não me trouxeste o gado miúdo dos teus holocaustos, nem me honraste com os teus sacrifícios; não te fiz servir com ofertas, nem te fatiguei com incenso.
Não me compraste por dinheiro cana aromática, nem com a gordura dos teus sacrifícios me satisfizeste, mas me deste trabalho com os teus pecados, e me cansaste com as tuas iniqüidades.
Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro.
Faze-me lembrar; entremos juntos em juízo; conta tu as tuas razões, para que te possas justificar.
Teu primeiro pai pecou, e os teus intérpretes prevaricaram contra mim.
Por isso profanei os príncipes do santuário; e entreguei Jacó ao anátema, e Israel ao opróbrio.
Isaías 43:1-28

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Poder do Louvor!!

Paulo e Silas passaram por um momento crítico em suas vidas. Há dias, eles vinham sendo perseguidos por uma menina escrava, possuída por um espírito de adivinhação, que gritava atrás deles: “Estes homens são servos do Deus altíssimos e vos anunciam o caminho da salvação” (At. 16:17b).

Finalmente, cansado do assédio, Paulo repreendeu o espírito que estava nela em nome de Jesus, e a garota foi liberta. Os donos da menina, ao perceber que sua fonte de lucro havia terminado, instigaram a multidão e os líderes da cidade a rasgar as vestes, bater e jogar os dois servos de Deus na prisão, amarrando seus pés em um tronco.

O que a maior parte de nós teria feito em tais circunstâncias? Provavelmente, começaríamos a lamentar e a gemer, em função da sucessão de eventos injustos, acontecidos naquele dia. Mas o que Paulo e Silas fizera? Eles não começaram a reclamar da escuridão, do musgo nojento nas paredes, do cheiro de urina no buraco onde tinham sido jogados ou dos ratos que eles podiam escutar e sentir. Em vez disso, Paulo disse: “Silas, vamos cantar”. Eles, então, passaram a noite orando e cantando ao Senhor – e isso não foi em voz baixa e de forma velada, não. O culto de louvor que eles fizeram foi alto o suficiente para outros prisioneiros ouvirem.

Subitamente, Deus veio à prisão onde eles estavam, por meio de um terremoto, mas a cela era muito pequena para que Ele pudesse sentar-se com eles. Então, todas as portas se escancararam e as correntes caíram ao chão – não só aquelas que acorrentavam Paulo e Sila ao tronco. Quando Deus entrou, as coisas mudaram em todo o cárcere!

Que história! Tenho certeza de que as feridas de Paulo e Silas doíam. Eles poderiam ter ficado curtindo suas dores: tristes, deprimidos, amargurados, reclamando. Mas não foi isso que aconteceu! Então, eles tiveram a única reação que traria a presença de Deus até aquela cela ensopada de urina. Eles fizeram uma sessão de oração e de louvor.

Que tipo de prisão você está passando? Qual o problema que o ameaça derrotá-lo? É fácil reclamar quando você tem de encarar coisas que o assustam ou circunstâncias que parecem que nunca vão melhorar. Todavia, se você deseja que Deus entre em sua cela também, você tem de resistir à tentação de lamentar, de murmurar e de reclamar. Em vez disso, tem de tomar a decisão de louvá-lo.

Vá para além dos seus sentimentos, medos e circunstâncias e olhe para Deus. Louve-o pela bondade que a sua mão já lhe fez no passado, ainda que a bênção tenha sido pequena ou insignificante. Em vez de ficar pensando em tudo que está errado em sua vida, lembre-se do que está certo.

Se fizer isso – se você escolher confiar em Deus e proclamar a sua bondade – Jesus irá vir até você e romperá sua prisão. Não somente isso, Ele irá soltar suas amarras e dissipar a sua escuridão também. Você poderá não sentir a terra tremer sob seus pés, mas você descobrirá que a sua atitude e a forma como vê as coisas mudarão, à medida que o seu louvor trouxer a presença de Deus à sua vida.

Tente fazer isso. Ache alguma coisa em sua vida pela qual possa louvar a Deus e, então, abra sua boca e abra espaço para que Ele se sente com você. Você ficará surpreso com o que Deus pode fazer na sua vida! Amém! (Atos 16:19 a 26

x

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

CONVERSANDO COM DEUS

Como podemos ter certeza de que Deus nos ouve quando oramos?
“Então vocês clamarão a Mim, virão ORAR A MIM, e EU OS OUVIREI. Vocês Me procurarão e Me acharão quando Me procurarem de todo o coração”. Jeremias 29:12, Que certeza Jesus nos dá de que Ele nos ouve e responde as orações?
“Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta”. Lucas 11:9
A oração é uma conversa que envolve falar e ouvir. É isso o que Jesus promete:
“Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”. Apocalipse 3:20
Como é possível se sentar e ter uma boa conversa de hora de jantar com Cristo?
Primeiramente, contando para Ele em oração o que se passa em nosso coração. Segundo, ouvindo atentamente. Ao meditarmos em oração, Deus pode falar diretamente a nós. E, ao lermos a Palavra, Deus falará a nós.
A oração pode se tornar um estilo de vida para o cristão.
“OREM CONTINUAMENTE. Dêem graças em toda as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus”. I Tessalonicenses 5:17, 18.
Como podemos orar “continuamente”? Precisamos ficar de joelhos todo o tempo ou repetir continuamente frases de adoração e petição? Claro que não. Devemos viver tão intimamente ligados a Jesus que possamos ter liberdade para falar com Ele a qualquer hora, em qualquer lugar.
“Entre as pessoas na rua, ou em meio a uma transação comercial, podemos elevar a Deus um pedido, solicitando a direção divina… A porta do coração deveria estar constantemente aberta, sempre pedindo a Jesus que venha habitar em nós, como hóspede celestial”. Uma das melhores maneiras de desenvolver esse tipo de relação íntima é aprender a meditar enquanto oramos.
“Seja-lhe agradável a minha meditação, pois no Senhor tenho alegria”. Salmo 104:34
Não ore falando rapidamente a sua lista de pedidos. Espere. Ouça. Um pouco de reflexão durante a oração pode enriquecer grandemente seu relacionamento com Deus.
“Aproximem-se de Deus, e Ele se aproximará de vocês!” Tiago 4:8
Quanto mais perto chegarmos de Jesus, mais seremos capazes de experimentar Sua presença. Por essa razão, continue sempre a falar com Jesus através de seus pensamentos. Não se preocupe em falar as palavras certas, apenas fale honesta e abertamente com Ele. Fale sobre tudo. Ele teve que passar pela própria agonia da morte para poder se tornar seu Amigo Íntimo. Quando você resolver orar, talvez deseje seguir, o modelo de oração ensinado por Jesus a Seus discípulos em resposta ao pedido: “Senhor, ensina-nos a orar”.
“Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o Teu nome. Venha o Teu reino; seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia. Perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque Teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém”. Mateus 6:9-13
De acordo com o padrão que Jesus deu em Sua oração, devemos ir a Deus como nosso Pai celestial. Peça-Lhe que Sua vontade tome conta de seu coração da mesma forma que essa vontade é feita nos céus. Nós O buscamos para saciar nossas necessidades físicas, obter perdão, e para ter uma atitude de perdão para com os outros. Lembre-se que nossa capacidade de resistir ao pecado vem de Deus. A oração de Cristo termina com expressões de louvor.
Em outra ocasião, Jesus instruiu Seus discípulos a orarem ao Pai “em Meu nome” (João 16:22), isso é, para orar em harmonia com os princípios de Jesus. Essa é a razão pela qual os cristãos normalmente terminam suas orações com as palavras: “Em nome de Jesus, Amém!” O amém é uma palavra hebraica que significa “Assim seja!”.
Apesar de a Oração do Senhor nos dar diretrizes sobre o que orar e como formular uma oração, nossa comunicação com Deus funciona melhor como uma composição espontânea de nosso coração.
Podemos orar sobre qualquer coisa. Deus nos convida a orar pelo perdão de nossos pecados (I João 1:9), pelo aumento de nossa fé (Marcos 9:24), pelas necessidades da vida (Mateus 6:11), pela cura do sofrimento e da dor (Tiago 5:15), e pelo derramamento do Espírito (Zacarias 10:1). Jesus nos assegura que podemos levar todas as nossas necessidades e preocupações a Ele; nada é muito pequeno que não seja motivo de oração.
“Lancem sobre Ele toda a sua ansiedade, porque Ele tem cuidado de vocês”. I Pedro 5:7
Nosso Salvador está interessado em cada detalhe de nossas vidas. Seu coração fica feliz quando nossos corações O alcançam em amor e fé.
Deus nos convida a aliviarmos nossas cargas em oração particular: conversa de um para um com Ele. Não é que Ele precisa de qualquer informação. O Todo-Poderoso conhece nossos medos mais secretos, nossos motivos mais escondidos, e ressentimentos enterrados no profundo de nosso ser, ainda melhor do que nós mesmos. Mas precisamos abrir nosso coração Àquele que nos conhece intimamente e nos ama infinitamente. A cura pode começar quando Jesus tem acesso às nossas feridas.
Quando oramos, Jesus, nosso Sumo Sacerdote, está próximo a nós para nos ajudar:
“… Temos… Alguém que, como nós, PASSOU POR TODO TIPO DE TENTAÇÃO, porém, sem pecado. Assim, aproximemo-nos do trono da graça com toda confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade”. Hebreus 4:15, 16
Você se sente ansioso, estressado ou culpado? Coloque tudo diante do Senhor. Só assim, então, Ele pode suprir todas as nossas necessidades. “Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que… o recompensará”. Mateus 6:6
Em acréscimo à oração que podemos fazer enquanto andando pela rua, trabalhando, ou usufruindo uma reunião social, cada cristão deveria estabelecer um momento especial para a oração pessoal e estudo da Bíblia. Faça seu encontro diário com Deus num momento no qual você se sinta mais atento e possa se concentrar melhor.
Orar com outras pessoas cria uma união especial e convida o poder de Deus a atuar de uma maneira especial.
“Pois onde se reunirem dois ou três em Meu nome, ali eu estou no meio deles”. Mateus 18:20.
Mostre para seus filhos que levamos nossas necessidades diretamente a Deus. Eles irão se entusiasmar com Deus ao perceberem Suas respostas nos detalhes práticos da vida. Faça do culto familiar um momento alegre e relaxado de se compartilhar a vida entre todos.
Quando Moisés orou, o Mar Vermelho se dividiu. Quando Elias orou, fogo desceu dos céus. Quando Daniel orou, um anjo fechou a boca dos leões. A Bíblia nos apresenta muitos relatos de orações respondidas. E ela nos recomenda a oração como a forma de nos apoderarmos do poder infinito de Deus. Jesus promete:
“O que vocês pedirem em Meu nome, Eu farei”. João 14:14
MANTENHA-SE LIGADO A CRISTO
“SE VOCÊS PERMANECEREM EM MIM, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem e lhes será concedido” João 15:7. Quando priorizamos nosso relacionamento com Deus e nos mantemos sempre em contato com Ele, estaremos ouvindo e buscando respostas para nossas orações que, de outra maneira, passariam despercebidas.
MANTENHA A CONFIANÇA EM DEUS
“E tudo o que pedirem em oração, SE CREREM, vocês receberão”. Mateus 21:22. Crer ou ter fé significa que estamos realmente esperando que nosso Pai celestial supra nossas necessidades. Se você está preocupado por falta de fé, lembre-se de que nosso Salvador fez um milagre em favor de um homem que clamava em desespero:
“Creio, ajuda-me a vencer a minha incredulidade!” Marcos 9:24
SUBMETA-SE HUMILDEMENTE À VONTADE DE DEUS
“Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa DE ACORDO COM A VONTADE DE DEUS, Ele nos ouvirá”. I João 5:14
A oração é uma maneira de conseguirmos mais e mais intimidade com a vontade de Deus. Precisamos estar sensíveis às respostas de Deus e aprender delas. Manter um registro de pedidos específicos e as respostas recebidas é de grande utilidade.
O Espírito Santo ajudará você a pedir corretamente, pois “o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus” (Romanos 8:27). Lembre-se que nossa vontade sempre seria igual à vontade de Deus se pudéssemos ver o que Ele vê.
ESPERE PACIENTEMENTE EM DEUS
“Esperei confiantemente pelo Senhor; ele se inclinou para mim e me ouviu meu clamor”. Salmo 40:1.
Pecado impede a atuação do poder de Deus em nossa vida; isso nos separa de Deus (Isaías 59:1, 2). Você não pode agarrar o pecado com uma mão e buscar a ajuda divina com a outra. Uma confissão e arrependimento sinceros solucionam esse problema.
Se não estivermos dispostos a permitir que Deus nos liberte dos pensamentos, palavras e atos maus, nossas orações não serão eficientes.
“Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres”. Tiago 4:3.
Deus não vai responder “sim” às suas orações egoístas.
Mantenha os ouvidos abertos à lei de Deus e Sua vontade, e Ele manterá os ouvidos abertos às Suas petições.
“Se alguém se recusa a ouvir a lei, até suas orações são detestáveis”. Provérbios 28:9.
 SINTA A NECESSIDADE DE DEUS
Deus responde àqueles que pedem por Sua presença e poder em suas vidas.
“Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos”. Mateus 5:6
 PERSEVERE EM ORAÇÃO
Jesus ilustrou a necessidade de perseverar em nossos pedidos através da história de uma viúva insistente que sempre trazia seu pedido diante de um juiz. Finalmente, o juiz disse em exasperação: “Está viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça”. Então, Jesus concluiu: “Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a Ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar?” (Lucas 18:5, 7).
Discuta todas as suas necessidades, esperanças e sonhos com Deus. Peça por alguma bênção em particular, por ajuda nos momentos de necessidade. Continue buscando, continue ouvindo, até que você aprenda algo da resposta de Deus.
 “Busquei ao Senhor, e Ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores… O anjo do Senhor é sentinela ao redor daqueles que o temem, e os livra”. Salmo 34:4, 7
Quando oramos, Deus envia anjos como resposta às nossas orações (Hebreus 1:14). Cada cristão tem a companhia de um anjo da guarda:
 “Perto está o Senhor. Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus”. Filipenses 4:5-7
O ESTILO DE VIDA CRISTÃO
A Bíblia descreve um estilo de vida cristão bem peculiar. De acordo com Efésios 4:22-24, o cristão deve “despir-se” do antigo estilo de vida que é resultado de “desejos enganosos” e “revestir-se” do novo estilo de vida, que é o de ser “criado para ser semelhante a Deus”. Nessa passagem e na Lição 6, descobrimos que no novo nascimento, somos “re-criados” para sermos um tipo diferente de pessoa em Cristo.

Essa lição e as seis lições que se seguem, mostram o estilo de vida cristão; elas revelam os segredos de uma vida cristã feliz. Elas ajudarão você a ter um forte relacionamento com Cristo, que resultará num estilo de vida cristão. Por isso, fixe seus olhos em Jesus hoje, e você fara parte daquela celebração final de vitória quando a paz de Cristo reinar eternamente.  Parte superior do formulário

sábado, 23 de março de 2013

O QUE FAZER QUANDO SOMOS AFRONTADOS?



O QUAL PELO GOZO QUE LHE ESTAVA PROPOSTO SUPORTOU A CRUZ, DESPREZANDO A AFRONTA, E ASSENTOU-SE À DESTRA DO TRONO DE DEUS.” ( Hebreus 12.2).

Afronta é expressão ou ação injuriosa ou de desprezo, ultraje, vergonha.
Tenho meditado muito neste texto no qual o escritor aos hebreus fala sobre o Senhor Jesus mostrando qual o comportamento que Ele adotou quando foi afrontado (desprezado, ultrajado, envergonhado). Ele simplesmente desprezou a afronta! E a Bíblia ainda diz que Ele tinha certeza do gozo que lhe estava proposto e desse modo pode desprezar a afronta, aleluia!
Quantos de nós temos sido afrontados! Creio que alguém que lerá este post certamente estará vivenciando uma situação na qual a afronta está presente. A Palavra do Senhor vem no momento certo para sua vida. O conselho da Bíblia para quem está passando por humilhação, ultraje, desprezo é tomar a mesma atitude que o Senhor Jesus tomou: desprezar a afronta. 
Em nome do Senhor Jesus não faça caso da afronta recebida. Tenhamos sempre em mente que quem nos afronta o faz com Aquele de quem somos o Seu Corpo.
Da mesma maneira como Jesus tinha certeza de que um gozo lhe estava proposto nós também o temos, glória a Deus! 
Segundo palavras do Senhor Jesus, se formos achados como servos fiéis quando nos apresentarmos diante dele, haveremos de ouvir a bendita expressão:
“... ENTRA NO GOZO DO TEU SENHOR.”
Há uma glória que nos espera que é mais importante do que toda afronta recebida neste mundo, aleluia! Está escrito:
“... AS AFLIÇÕES DESTE TEMPO PRESENTE NÃO SÃO PARA COMPARAR COM A GLÓRIA QUE EM NÓS HÁ DE SER REVELADA.” ( Romanos 8.18).
Deus nos prova de todas as maneiras. Há alguns que precisam ser provados, testados na área da humilhação, da afronta. Assim, o Senhor permite que sejamos afrontados de maneira vergonhosa até para trabalhar o nosso “eu”, para nos ensinar a ser humildes e alcançarmos a graça que só os humildes podem receber.
Em nome de Jesus suporte a afronta recebida agindo como Jesus, despreze-a, simplesmente, despreze-a. Não se deixe abater por causa dela; não alimente o maligno nutrindo sentimentos ruins em relação a quem lhe afronta, pelo contrário, perdoe como Deus em Cristo Jesus nos perdoou ) Efésios 4.32).
Pode ser que Deus esteja usando este momento para aperfeiçoamento do vaso, e lhe afirmo que tenha muito cuidado para não atribuir ao inimigo algo que vem da parte de Deus para amadurecimento e crescimento espiritual.
A mensagem do Amigo para nós neste dia é: despreze a afronta. Lembre-se do gozo que está preparado para os que forem fiéis e não mancharem o coração com sentimentos maus. É tempo de manter as vestes brancas, a candeia com reserva de azeite. 
Não devemos descer de onde já fomos colocados como está escrito que estamos assentados em regiões celestiais em Cristo Jesus ( Efésios 2.6).
Seu amigo lhe afrontou? Perdoe e despreze a afronta.
Seu marido/esposa lhe tem afrontado? Faça como Jesus, despreze a afronta.
Seu líder lhe tem afrontado? Perdoe e despreze a afronta.
Estamos em Cristo não é verdade? Pois está escrito:
“AQUELE QUE DIZ QUE ESTÁ NELE, TAMBÉM DEVE ANDAR COMO ELE ANDOU.” ( 1 João 2.6).
Isto quer dizer que devemos agir como Ele agiu. É fácil? Absolutamente não, mas é necessário.
E além do mais se estamos sendo afrontados não devemos esquecer de que está escrito:
“... TODAS AS COISAS COOPERAM PARA O BEM DAQUELES QUE AMAM A DEUS...” ( Romanos 8.28). Veja lá que não tem exceto.
Assim meus amados e mui queridos irmãos, sigamos em frente esquecendo das coisas que para trás ficam, olhando somente para Jesus o Autor e Consumador da nossa fé.
Desprezemos as afrontas!

segunda-feira, 11 de março de 2013

Algumas perguntas que devemos nos fazer:


Você tem contado o seu dia a dia para Deus?
Você ri ou chora na presença de Deus?
Você tem tido intimidade com ele?
Você pede tudo que necessita?
Você o agradece quando recebe uma bênção?
Você tem amado a Deus?
Você tem agradado a Deus?
(Deuteronômio 4:29) - Então dali buscarás ao SENHOR teu Deus, e o acharás, quando o buscares de todo o teu coração e de toda a tua alma.
(Lucas 11:9) - E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á;
(Jeremias 29:11) - Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.
(Tiago 4:3) - Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.

A BÍBLIA NOS DIZ QUE SE VOCÊ PEDIR VOCÊ RECEBERÁ. POR ISSO VOCÊ DEVE SABER PEDIR A DEUS, PARA ALCANÇAR AS SUAS BÊNÇÃOS, EIS AQUI MAIS ALGUMAS PASSAGENS E REFLEXÕES SOBRE O TEMA.

Mat 7:7 - Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.

Mat 7:8 - Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á.

EU PERGUNTO. VOCÊ TEM PEDIDO? SE ATÉ MESMO VOCÊ QUE É O INTERESSADO ESQUECE, DEIXA PRA LÁ.... TEMOS QUE SER DETERMINADOS NAQUILO QUE QUEREMOS....

• PEÇA

• BUSQUE

• BATA...

Luc 11:10 - Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á

A BIBLIA DIZ QUE TODOS PODEMOS PEDIR.... É AQUELE QUE PEDE, BUSCA, É O QUE BATE....

Mat 21:22 - E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis.

ORE, CLAME , GRITE... FALE COM DEUS... ELE OUVE E RESPONDE